fbpx

Novidades

Air Canada reconfigura as cabines de passageiros de três aeronaves para transportar suprimentos vitais e carga necessária

Destaques / Viagens / 15/04/2020

As aeronaves reconfiguradas podem transportar 89,63 toneladas, o equivalente a até 9 milhões de máscaras médicas

Foto: Divulgação Air Canadá

A Air Canada anunciou que está reconfigurando as cabines de três de seus Boeings 777-300ER para aumentar a capacidade de carga. A primeira conversão está concluída e a aeronave já está em serviço; as outras duas aeronaves estão sendo reconfiguradas e em breve estarão prontas.

“Trazer rapidamente suprimentos médicos e outros materiais vitais críticos para o Canadá e ajudar a distribuí-los por todo o país é essencial para combater a crise da COVID-19. A transformação dos Boeings 777-300ER, nossa maior aeronave internacional de longo alcance, dobrará a capacidade de cada voo e permitirá que mais mercadorias sejam transportadas mais rapidamente,” disse Tim Strauss, Vice-Presidente de Carga da Air Canada.

“A rápida transformação de algumas aeronaves para atender à demanda de carga reflete a nossa capacidade de maximizar com rapidez os ativos da frota, caso contrário essas aeronaves estariam estacionadas. A equipe de engenharia da Air Canada trabalhou 24 horas para supervisionar o trabalho de conversão e para, junto com a Transport Canada, garantir que todo o trabalho fosse certificado à medida que as tarefas fossem sendo concluídas. As outras duas aeronaves estarão prontas em breve, e entrarão em operação nos próximos dias “, disse Richard Steer, Vice-Presidente Sênior de Operações da Air Canada.

Os três Boeings 777300ER estão sendo convertidos pela Avianor, especialista em manutenção de aeronaves e em integração de cabine, em sua Montreal-Mirabelfacility. A Avianor desenvolveu uma solução de engenharia específica para remover os 422 assentos de passageiros e designar zonas de carga para caixas leves, que carregam equipamentos médicos e são contidas por redes de carga. Essa modificação foi desenvolvida, produzida e implementada em seis dias. Todas as operações foram certificadas e aprovadas pela Transport Canada.

Por meio de sua divisão de carga, a Air Canada usa suas aeronaves principais, que estariam estacionadas, para operar somente voos cargueiros. Estas aeronaves não transportam passageiros, mas transportam as suas bagagens em remessas com tempo limitado, incluindo suprimentos médicos urgentes e mercadorias para apoiar a economia global.

A Air Canada operou 40 voos cargueiros de 22 de março até hoje, e planeja operar até 20 voos de cargas por semana, usando uma combinação dos três Boeings 777 recém-convertidos, os Boeings 787 e os Boeings 777, além dos voos atuais programados para Londres, Paris, Frankfurt e Hong Kong. A Air Canada Cargo tem trabalhado com seus parceiros da cadeia de suprimentos, assim como com os remetentes, para transportar suprimentos médicos da Ásia e da Europa para o Canadá. A empresa continuará explorando oportunidades adicionais, conforme necessário, em todas as regiões do mundo.

A Air Canada Cargo acaba de receber o Gold Air Cargo Excellence Award, sendo a única transportadora internacional da América do Norte a ser reconhecida entre os destinatários de 2020. Os Air Cargo Excellence Awards são baseados na Pesquisa de Excelência da Air Cargo (realizada anualmente pela Air Cargo World). As transportadoras são classificadas por remetentes e outros clientes com base no desempenho nos últimos 12 meses.


Tags:,



Elite Magazine




Post Anterior

Costa Cruzeiros estende suspensão temporária até 30 de maio

Próximo Post

6 dicas para você viajar pela cultura do Japão sem sair de casa!





Você também pode gostar de



0 Comentários


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais histórias

Costa Cruzeiros estende suspensão temporária até 30 de maio

Medida faz parte da situação de emergência global à pandemia do Covid-19 Devido à prolongada situação de emergência...

14/04/2020