fbpx

Novidades

Air Europa cresce 15% no mercado brasileiro, em 2019

Destaques / Homepage / Negócios / Todos / 26/12/2019

Novas rotas, nova frota e reestruturação interna
marcam ano de sucesso da companhia no país

Enquanto a indústria do turismo busca o equilíbrio em meio ao conturbado cenário político e econômico do país, o setor da aviação tem perspectivas otimistas para o futuro e fecha o ano com dados positivos, de acordo com Gonzalo Romero, diretor da Air Europa no Brasil.
Completando um ano sob gestão do executivo, a companhia chega a 15% de crescimento em relação a 2018, faturamento de 115 milhões de dólares, quatro rotas diretas para a Europa e coloca o Brasil na quarta posição de mercado mais importante do mundo para a companhia.
De acordo com Romero, o bom desempenho da companhia neste ano deve-se ao trabalho de reestruturação interna que teve início com a mudança da sede brasileira de Salvador (BA) para São Paulo (SP), contratação de profissionais renomados no mercado e foco no objetivo de posicionar a empresa no setor corporativo. Atualmente, passageiros que viajam a negócios já representam cerca de 10% do fluxo da companhia. “Esse público é muito exigente no que diz respeito a qualidade dos serviços, pontualidade e modernidade das aeronaves” comenta o executivo.
Com os fortes investimentos feitos na renovação da frota, essa fatia do mercado deve crescer ainda mais na Air Europa. Os planos da companhia preveem que até 2022, todos os trechos de longa distância tenham o Dreamliner como equipamento. Além do conforto interno, a tecnologia dessas aeronaves faz com que o consumo de combustível seja 20% menor, reduzindo expressivamente a emissão de carbono na atmosfera.

Além disso, os Dreamliners contam com umidade especial na cabine aumentando sensivelmente o conforto dos passageiros. “Teremos uma frota unificada posicionando a Air Europa como a principal companhia aérea europeia para voos de longo curso e internacionais” afirma Gonzalo.
Hoje, a Air Europa conta com três portas de entrada e saída do Brasil: São Paulo (SP), Salvador( BA) e Recife (PE), ambas com três frequências semanais, e a partir de 20 de dezembro começa a operar a rota que liga Fortaleza (CE)  a Madrid, na Espanha, com duas saídas por semana.
Neste ano, 350 mil pessoas viajaram de Air Europa no país resultando numa alta taxa de ocupação em todas as operações da companhia. São Paulo apresenta média de 88%, Salvador 86% e Recife com ocupação média de 80%.
A frequência de Fortaleza, cuja operação inicia em 20 de dezembro, já conta com 80% dos voos de dezembro e janeiro vendidos e 40% dos voos de maio e junho de 2020.
Outro ponto de destaque da companhia é a alta conectividade oferecida a quem vai a Europa. “Neste ano, apenas 30% dos viajantes ficaram na Espanha, ou seja, 70% do total de passageiros foi para outros países, partindo de nosso hub em Madrid.” comenta Gonzalo.
No início de dezembro, a companhia anunciou o acordo de codeshare com a GOL. A novidade permitirá à Air Europa oferecer a seus passageiros europeus conexões para  mais de vinte cidades brasileiras.
“O Brasil está muito forte e vive um novo momento da aviação com a melhoria das condições aeroportuárias. Isso resulta em um maior desenvolvimento da indústria como um todo. 2019 foi um ano de muitas conquistas e ao que tudo indica 2020 será ainda melhor”, conclui o executivo.

Sobre Air Europa
A Air Europa é membro da aliança SkyTeam, formada por 19 companhias aéreas que, por 19 anos, trabalham juntas como uma grande rede global, servindo mais de 630 milhões de passageiros por ano e fazendo mais de 14.500 vôos diários para mais de 1.150 destinos em mais de 175 países. A frota da Air Europa é uma das mais modernas da Europa, composta por mais de 50 aeronaves cuja idade média não excede 4 anos. A empresa está integrada ao Grupo Globalia, o maior conglomerado de turismo espanhol, e é líder em processos de conversação ambiental. Em 2018, a organização ambiental alemã Atmosfair classificou a Air Europa como a companhia aérea de rede europeia mais eficiente. No ano passado, a Air Europa ultrapassou 11 milhões de passageiros transportados.


Tags:,



Elite Magazine
A Revista Elite há 18 anos cria e acompanha as tendências do mercado de luxo.




Post Anterior

Tendência: hospedagem alternativa aos finais de semana e férias

Próximo Post

Álvaro Garnero e Kako Perroy falam com exclusividade para a Elite Magazine sobre o John John Rocks 2020





Você também pode gostar de



0 Comentários


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais histórias

Tendência: hospedagem alternativa aos finais de semana e férias

Che Lagarto Hostel Ipanema; aconchegante espaço com “beach club”, no Posto 10 da Praia de Ipanema, chama atenção com seus...

26/12/2019