fbpx

Novidades

Dua Lipa estrela campanha do novo perfume Libre Eau de Parfum Intense, de Yves Saint Laurent Beauté

Vitor Limas, RP do grupo GNB, novo colunista da Elite Magazine, mostra detalhes do que aconteceu na semana de baladas em Florianópolis

Jeunesse lança Naära Luxe com fórmula inteligente para ajudar a combater o envelhecimento da pele

Praia Ipanema Hotel remodela o seu day use e proporciona experiência única

Black Sushi lança prato com pétalas de ouro comestível

Arraiá em casa: Renaissance São Paulo Hotel cria cesta junina para celebrar a festividade

Aproveite o verão do Hemisfério Norte na Flórida Central

Jean Imbert é o novo Chef do Hotel Plaza Athénée Paris

Wyndham Gramado apresenta novidades para temporada de inverno na Serra Gaúcha

Réveillon N°1, em Itacaré, anuncia virada de 2022

Palácio Tangará bate recordes de ocupação desde sua inauguração neste Dia dos Namorados

Harley-Davidson do Brasil sugere os 10 melhores roteiros de aventura

Está aberta a temporada de trufas negras no AROMA Brasília!

1º Monaco Streaming Film Festival será realizado entre os dias 3 e 6 de julho

Daniel Kroth projeta casa de praia inspirada na arquitetura mediterrânea

Réveillon N°1, em Itacaré, anuncia virada de 2022

Festa Junina em casa: Nespresso apresenta receitas típicas e harmonizações com café para a data

Restaurante MEE, do Copacabana Palace, apresenta seu novo chef, Cassio Hara

Anguilla isenta turistas vacinados de pagarem taxa de 300 dólares

Bebidas Tchecas para refrescar o Verão

Diferenças culturais que surpreendem os viajantes

Destaques / Viagens / 22/07/2020

Abreu lista costumes ao redor do mundo que chamam a atenção de brasileiros

Traicional dança de Zulu

Viajando pelo mundo, é comum nos depararmos com costumes diferentes dos nossos e que nos causam bastante estranhamento. Isso acontece não apenas com as diversas religiões que existem pelo mundo, mas com histórias e culturas milenares que tiveram, como resultado, cidadãos com preocupações e comportamentos distintos dos brasileiros.

Para a Abreu, especialista em levar turistas para os melhores destinos ao redor do mundo, é normal ver seus viajantes um pouco espantados em outros países.

Japão, por exemplo, deixa qualquer brasileiro fascinado. Por mais que se preparem para as imensas diferenças culturais, a extrema organização e limpeza das cidades japonesas sempre superam as expectativas dos turistas. Isso vai além de simplesmente jogar lixo nas lixeiras. As pessoas não comem nas ruas ou andando, não falam em transportes públicos (muito menos ao telefone), nem fumam em espaços públicos. Tudo isso contribui para um ambiente agradável para todos, inclusive para os visitantes.

Além disso, ao andar pelas ruas japonesas, sempre se vê pessoas utilizando máscaras – mesmo antes da pandemia do coronavírus. Com isso, as pessoas doentes visam não contaminar outros, mas não significa que estejam infectadas com algo grave. Basta uma gripe ou resfriado para que o japonês utilize a máscara!

Ainda na Ásia, a Abreu conta que o Vietnã e o Camboja causam assombro por outro motivo: o trânsito. Em ambos destinos, as grandes cidades são bastante caóticas, e é preciso ter muita paciência ao andar a pé, principalmente para atravessar as ruas. Para completar, as motocicletas são extremamente populares entre vietnamitas e cambojanos. Os viajantes não apenas veem muitas delas circulando, mas podem se deparar com cenas como várias pessoas em cima de uma única moto, e motoristas lendo jornais, comendo e até dormindo sobre os veículos.

Quem faz viagens por vários destinos da China pode estranhar os seus horários e diferenças culturais. Mesmo com sua grande extensão territorial, o governo chinês decidiu utilizar apenas um fuso horário, 11 horas à frente do horário de Brasília. Isto significa que, enquanto amanhece às 5h da manhã em Xangai, em Lhasa, no Tibete, a luz do dia só chega às 7h. Por sua vez, a cidade tibetana tem o pôr do sol em torno das 21h, duas horas depois que a noite caiu em Xangai.

Mas não é só a Ásia que conta com diferenças culturais surpreendentes. Na Austrália, por exemplo, a Abreu diz que é comum ver pessoas descalças. Não, isso não acontece só na praia. Se no Brasil paulistas e cariocas discutem se é socialmente aceito ir a um shopping calçando chinelo de dedo, a Austrália já decidiu há muito tempo que os sapatos não são necessários em lugar nenhum, se essa for a sua vontade. Shoppings, cafés, aeroportos – não há limites!

Em países com influências árabes, como Marrocos e Egito, por sua vez, a pechincha é um hábito de todos os comerciantes nos souks. Para nós, brasileiros, isso não é tão estranho: adoramos a oportunidade de conseguir um bom desconto, e somos conhecidos ao redor do mundo por isso. Mas, segundo a Abreu, os vendedores marroquinos e egípcios não querem apenas lucrar mais. Se o turista aceita o preço inicial do produto, que geralmente é jogado às alturas, o vendedor não fica contente. O que traz alegria mesmo é o processo de negociação até chegarem a um acordo.

No Irã e na Turquia, a surpresa acontece no banheiro. Embora muitos hotéis tenham banheiros equipados como no Ocidente, outros estabelecimentos têm o toalete padrão do país: em forma de latrina no chão!

Estátua de Nelson Mandela na África do Sul

Numa visita à África do Sul, se os turistas quiserem aprender algumas palavras ou expressões no idioma local, a dúvida será: qual delas? O país reconhece onze línguas oficiais, como inglês, africâner e zulu. O próprio inglês pode ser ouvido com mais variações de sotaque do que se pode contar. Para completar, há muitos trabalhadores estrangeiros vivendo na África do Sul, o que faz com que seja comum escutar francês, português e outras línguas africanas nas ruas.

 


Tags:, ,



Elite Magazine




Post Anterior

Emirates retoma serviço para Seychelles e aumenta a frequência de voos para Maldivas

Próximo Post

Porsche entrega 116.964 veículos no primeiro semestre





Você também pode gostar de



0 Comentários


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais histórias

Emirates retoma serviço para Seychelles e aumenta a frequência de voos para Maldivas

A Emirates anunciou que retomará o voo de passageiros para Seychelles a partir de 1º de agosto, coincidindo com a reabertura...

22/07/2020