fbpx

Novidades

Pesquisa aponta que 30% dos moradores da região Sudeste mudaram planos de viagens para julho devido à pandemia

Destaques / Viagens / 30/07/2020

Levantamento do iq mostrou ainda que 48% pretendiam ou têm hábito de usar milhas no planejamento das férias

A pandemia de covid-19 obrigou 30% dos moradores da região Sudeste a cancelar ou adiar planos de viagem para as férias de julho. É o que aponta uma pesquisa recente do iq, startup de serviços financeiros digitais, sobre o comportamento dos consumidores em relação ao turismo neste mês, período típico das férias escolares. A pesquisa revela ainda que, entre os que tinham planos de viagens, 48% pretendiam ou têm hábito de usar milhas no planejamento das férias. Outros 22% declararam não ter feito planos de viagens para julho.

De acordo com o especialista em finanças pessoais e cofundador do iq, Fernando Iodice, os dados demonstram a importância do planejamento das férias de julho por parte dos consumidores. Para explicar esse raciocínio, ele cita o estudo “10 Tendências Globais de Consumo”, publicado em 2019 pela consultoria de inteligência estratégica global Euromonitor International[1], que apontou mudanças significativas nas expectativas dos viajantes. “Os estudos mostram que hoje é mais comum que as pessoas procurem viagens que sejam experiências transformadoras e imersivas e não apenas um roteiro de pontos turísticos. Portanto, é natural que, diante de todas as limitações e medidas de distanciamento social impostas pelo contexto da pandemia, os planos sejam adiados até que o momento seja mais adequado e seguro para realizar uma viagem que atenda a todas as expectativas”, analisa.

Iodice aponta, ainda, que o uso de milhas também é sinal da valorização do turismo entre os hábitos de consumo. “O fato de quase metade dos respondentes ter declarado utilizar milhas para comprar viagens demonstra que o planejamento das férias é um item importante para as finanças pessoais dos consumidores”, ressalta.

Em relação aos destinos nacionais mais cobiçados, os estados da região Nordeste e o interior de São Paulo permanecem entre os favoritos para as férias de julho, repetindo a tendência apontada no levantamento da Associação Brasileira de Agência de Viagens (ABAV) de 2019[2]. Já para viagens internacionais, os países da América do Sul e do Norte continuam entre os destinos mais citados, seguidos de perto pela Europa.

A pesquisa do iq sobre o comportamento do brasileiro em relação ao turismo no mês de julho teve 1030 respondentes, em todo o país, dos gêneros masculino (63%) e feminino (37%), entre 18 e 55 anos. Do total de respondentes, 59% são residentes da região Sudeste. A pesquisa ouviu, ainda, residentes de outros 22 estados, como Bahia (5,6%); Paraná (4,2%); Distrito Federal (4%); Ceará (3,8%); Piauí (3,8%); Santa Catarina (2,5%); Goiás (2,3%); e demais estados (14,8%).


Tags:,



Elite Magazine




Post Anterior

Dia dos Pais: Taboola analisa e tecnologia é um dos destaques nas buscas para a data comemorativa

Próximo Post

Turismo sustentável: como diminuir os danos ao meio ambiente ao viajar no pós-pandemia





Você também pode gostar de



0 Comentários


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais histórias

Dia dos Pais: Taboola analisa e tecnologia é um dos destaques nas buscas para a data comemorativa

Taboola realiza análise de dados para entender as preferências de seus usuários na data O Dia dos Pais, uma das datas...

30/07/2020