Novidades

Coworth Park oferece evento exclusivo e chá da tarde premiado

Entre diversas linguagens e técnicas, Galeria Andreus apresenta exposição “Papel também é arte”

Unibes Cultural recebe exposição “Arraial da Cidade Cordel 2x10”

Tivoli Fire Up reúne famosos em evento de estreia do Brasil na Copa América

Burle Talks no Palácio Tangará: a história da moda nos rituais de celebração por Emannuelle Junqueira

Ozônio medicinal desponta entre atletas de alta performance

Hublot tem o orgulho de ser o cronometrista oficial da Copa do Mundo de Futebol Feminino FIFATM – França 2019

O PREMIADO TED SCARPETTA FAZ SUA ESTRÉIA EM ALTO MAR COM ONDA BY SCARPETTA, NO NORWEGIAN ENCORE

Diamond Days: O Novo Tratamento Exclusivo do Eden Spa

Budweiser confirma nova edição do BUD BASEMENT em São Paulo

Yoo2 Rio de Janeiro celebra Dia dos Namorados com jantar e voo de helicóptero

BMW i8 vira obra de arte assinada pelo renomado pintor e escultor alemão Thomas Scheibitz

Turkish Airlines exibe arte moderna Turca em seu novo lounge no aeroporto de Istambul

O BRILHANTE MESTRE DA FUSÃO

Ofertas gastronômicas especiais no Hotel Bel-Air e do restaurante Wolfgang Puck at Hotel Bel-Air

Tivoli Fire Up lança programação durante a Copa América 2019

Laghetto Stilo Barra Rio realiza jantar de Dia dos Namorados

High Line Bar completa 3 anos com festa das boas

A SÉRIE MEET THE WINEMAKER 2019/2020 DA NORWEGIAN CRUISE LINE ACONTECERÁ NO NORWEGIAN JOY E NAVIOS IRMÃOS

Rodrigo Mezadri, Chef executivo do Hilton São Paulo Morumbi, ensina receitas diferentes para Festa Junina

Rio de Janeiro, muito além das praias – Por Irinéia Andrade

Destaques / Homepage / Sem categoria / Todos / Viagens / 29/03/2019

Ilha da Gigóia, dentro da cidade maravilhosa, na Barra da Tijuca, há um local reservado que se assemelha com ilhas européias, onde a preservação de paisagens bucólicas e de algumas espécies naturais se destacam em uma Vila que reserva seus costumes tradicionais

Por Irinéia Andrade

Você já pensou em se ver diante de uma Ilha onde, em apenas cinco minutos, poderá estar do lado do continente?
Este local que tem sido alvo de muitas pessoas que desejam férias com entretenimento e discrição, se chama Ilha da Gigóia, uma Vila que surgiu através dos  primeiros moradores, entre eles, os pescadores e hoje possui aproximadamente 5.000 moradores.

Toda a magia oferecida pelo local paradisíaco pode ser vista e vivida na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, onde é possível fazer uma rápida travessia à Ilha, através de “taxi boat”, que fazem paradas entre os becos onde se encontram dez ilhas, todas povoadas por poucos moradores, muitos deles que nasceram no local. Ali o turista poderá se sentir em outro país, estando propriamente no Brasil.

Uma mistura de culturas e origens, em uma Vila calma e tranquila, se encontram lojas, restaurantes, bares e pontos comerciais de diversos segmentos, aliados a muitas casas rodeadas por ruas cobertas de árvores e plantas diversas, é um point indicado para desfrutar da tranquilidade do local, nos momentos de férias ou finais de semana.

Por outro lado, uma Vila composta por poucas pessoas tem atraído moradores que se encantam pela paisagem natural e pelo ar bucólico, em meio a uma área de preservação pertencente à Lagoa da Tijuca, um complexo lagunar que se comunica com o Oceano Atlântico, através do canal da Barra da Tijuca.

A Ilha da Gigóia hoje é conhecida também por alguns artistas de televisão e de cinema, artistas plásticos e por celebridades que escolheram viver em um retiro localizado no Rio de Janeiro, uma Vila que ainda é um pouco escondida e pouco conhecida por moradores da própria cidade.

Além disso, há pouco tempo, a Vila se tornou palco de gravações de uma peça teatral chamada “Gigóia conta Gigóia”, através de um ator que vive na Ilha e resolveu desenvolver um projeto que abrange um teatro comunitário, que mostra toda a beleza de um cenário real, com suas peculiaridades naturais vivenciadas pelos personagens.
Segundo alguns moradores como o empresário, Fernando William, um engenheiro civil, proprietário da Pousada Barra da Tijuca, junto com seu irmão, Flávio William, o destaque para a vista do rio e a passagem de diversos barcos fazem parte da vista da construção da casa da família, onde viviam seus pais e irmãos que acabou se tornando uma pousada para receber turistas que avistam o primeiro prédio ao chegar à Ilha de Gigóia.

Parte da Ilha vive do transporte do barco, uma facilidade de locomoção que hoje atende desde moradores até os condomínios da Barra da Tijuca e percorre até ao Recreio dos Bandeirantes, passando por alguns canais, incluindo um deles que chega ao metrô Jardim Oceânico em cinco minutos, com opção de uma caminhada de 10 minutos, a pé, para chegar ao Posto 3, na praia da Barra da Tijuca.

Atualmente, no canal do Marapendi, na Barra da Tijuca, há um deck em cada prédio, onde acontecem as paradas dos barcos que atendem muitos condomínios no local que têm aderido esse tipo de transporte e excluindo os contratos com algumas empresas de ônibus.

 

Pousada Barra da Tijuca
Para Fernando, proprietário da Pousada, trocar sua moradia em Ipanema pela Ilha da Gigóia, mesmo com a praticidade que a cidade lhe oferecia, foi o melhor sossego que pôde ter para garantir uma vida melhor e com qualidade. “O que marca este local é a segurança existente na Vila e a localização próxima à cidade, entre outras qualidades, como há todos os tipos de comércios aqui para suprir as necessidades dos moradores e de visitantes”, declara.

A Pousada, que existe há 11 anos, possui 13 quartos divididos em duas unidades, construídas em prédios separados e oferece serviços de frigobar, Wi-Fi e café da manhã. O local é procurado também para eventos empresariais como congressos e palestras, além de receber, com frequência, turistas em geral.

Segundo o empresário, a previsão é ampliar a área externa, uma das preferências dos turistas que chegam e apreciam a vista para o canal, que muitas vezes passam a noite admirando o movimento da Ilha e dos barcos. Em virtude disso, no projeto de inovação, contará com uma ampliação da área, com espaços para acomodar melhor os hóspedes, incluindo mesas e cadeiras adequadas e um restaurante.

Alguns turistas estrangeiros declaram que a vista externada da Pousada foi a primeira coisa que se encantaram ao chegar ao local, pois dizem ser semelhante ao movimento de alguns canais do Rio Tâmisa, na Inglaterra.

Para Luiz Junior, jovem paulistano de 28 anos, que já viajou para alguns países, a Ilha da Gigóia é um local calmo e com algumas facilidades. “A Ilha por ser um retiro próximo à cidade, é admirável. Adorei as belas paisagens e características únicas desse lugar. Achei muito interessante porque é formada por um povoado que possui estabelecimentos que atende as necessidades de turistas e dos moradores, pois não precisam sair de lá para ter acesso a tudo o que é preciso. Eu gostei muito das opções gastronômicas, principalmente do mercadinho e da farmácia que funcionam 24 horas, pois isso é raro de se ter até mesmo nas grandes cidades”, revela.

Passeios de barco no local
Dicas de lazer para turistas e ideais para estudantes, professores, biólogos e pesquisadores. Algumas atividades à parte levam os visitantes a usufruírem do calor, das belezas locais e ao conhecimento sobre a natureza local, da fauna e flora como vegetação e mata nativas, aves e animais típicos, história do local e de moradores.
Percorrendo dez ilhas com mata nativa e restaurantes, lugares de entretenimento, são destinos proporcionados pela Barco Expresso, companhia que leva turistas aos passeios que podem ser feitos entre meia hora a 40 minutos, percorrendo as ilhas pertencentes à Lagoa da Tijuca, na Barra.

Além de funcionar como opção turística, a empresa atende o transporte de moradores do local, atingindo o continente, principalmente entre Barra da Tijuca, Recreio dos Bandeirantes e Copacabana.
Para se deslocar ao metrô mais rápido, da Ilha da Gigóia, os visitantes ou moradores vão até a estação Jardim Oceânico, e o público moradores das ilhas e turistas já utiliza o barco como meio de transporte para se deslocarem de um local a outro pelo canal, evitando o trânsito com carros. Os destinos são os mais variados desde, turismo, trabalhos, negócios e transporte do dia a dia.

Segundo Natali de Castro Simão, uma jovem comerciante que nasceu na Ilha, revela que nunca teve vontade de sair do local para viver em outra região, “nasci praticamente aqui na Ilha, só não foi feito o parto aqui dentro porque não tem hospital. Eu amo a Ilha e me sinto privilegiada em viver aqui. A Ilha é um lugar  tranquilo, seguro e as minhas filhas vão crescer aqui, com toda a liberdade de brincar nas ruas assim como eu. O diferencial daqui é a segurança”, afirma.

Ao lembrar sobre as estruturas e facilidades dos transportes na Ilha e estilo de vida, incluindo o acesso aos taxis boats, Natali conclui, “a ilha cresceu muito, ganhou visibilidade e com isso, muitos moradores e novos negócios”.

Parte da Ilha da Barra da Tijuca vivem do transporte do barco, condomínios que acabaram finalizando os contratos dos ônibus para aderirem aos barcos. A distância para os locais pode durar até 25 ou 30 minutos, apreciando uma boa vista e temperatura fresca no verão.

Nos percursos feitos pelos barcos, há paradas para o Shopping Downtown, Shopping Barra Point e outros estabelecimentos mais próximos da Barra da Tijuca. E, ao se aprofundar pelas ilhas, é possível ver a mata nativa composta pelos manguezais, aves variadas e nativas como em destaque, a biguá e o colhereiro que tem o bico de colher e sua cor é rosa, entre espécies variadas, além de jacarés e capivaras.

Os pontos de passagens durante o passeio incluem as mais diversas paisagens distribuídas entre as ilhas com paradas a alguns espaços de eventos e de gastronomia, que ficam entre algumas ilhas, especialmente, Ilha da Gigóia, Ilha da Fantasia, Ilha Primeira, Itanhanguá Golf Clube, Ilha do jacaré, Ilha dos Pescadores, Ilha dos Coronéis que surgiu entre os anos 70 e 80, Ilha do Ypê, Ilha da Marina.

No passeio é possível avistar também, todas as construções existentes, entre algumas residências e um recanto especial da gastronomia formado por variados tipos de restaurantes internacionais, distribuídos entre cozinha mediterrânea, peruana, italiana, japonesa, e outras iguarias mundiais, onde o turista poderá marcar seu horário com um táxi boat para ir almoçar ou jantar.

 

Segundo Fernando, a utilização do barco atualmente é o meio necessário nas ilhas e trata-se de um transporte bastante prático na região e revela que, após alguns anos trabalhando com este meio de locomoção, resolveu comprar seus próprios barcos e trabalhar em sua companhia: Barco Expresso, que existe desde o ano de 2012, porém, anteriormente, o empresário já trabalhava com barco, somando-se um longo tempo de vivência.

“Comecei a trabalhar com barcos somente com duas pessoas e o transporte era mais demorado, hoje em dia já existem os pontos de paradas que são os becos instalados nas alamedas das Ilhas. Atualmente a empresa já opera bem na região e em poucos minutos chega para atender os clientes que utilizam o taxi boat”, declara o empresário.
Entre outras novidades a implementar, Fernando revela, em primeira mão, que está implantando os serviços de Uber Boat, pois sua empresa faz parte da pré-história da região, quando iniciou trabalhando com o primeiro barco de transporte da Barra da Tijuca.

No que se refere aos cuidados com a limpeza do canal da Tijuca e sua preservação, há uma estação de tratamento situada na pedra da Gávea, onde são separados os materiais para irem à reciclagem. Além disso, há uma comissão de moradores da Ilha que possuem barcos e cuidam da limpeza do canal, entre eles, os empresários, Fernando e Flávio William.
O horário de funcionamento da Barco Expresso inicia-se nas primeiras horas da manhã e vai até meia noite, além de atender uma demanda com horários pré-agendados.

Como Chegar à Ilha da Gigóia
Acesso pela Barra da Tijuca, na Avenida das Américas, entre a Unimed e o Shopping Barra Point, é possível pegar um barquinho que deixa as pessoas na Ilha. A dica é observar as chalanas que trafegam, evitando navegar em uma superlotação. No local existe um único órgão fiscalizador local que é a Capitania dos Portos.

POUSADA BARRA DA TIJUCA
www.pousadabarradatijuca.com.br
Contatos: pousadabarradatijuca@gmail.com
Telefone: 21 3648-4736

Empresa de Transporte no Canal da Tijuca:
BARCO EXPRESSO
Telefones:
(21) 98429-4561 – OI | (21) 98263-9373 – TIM | (21) 97281-1415 – VIVO | (21) 97378-0091 – CARO
Horário de funcionamento: Das 6h às 24h
Destino turístico: percurso pelas ilhas da Lagoa da Tijuca
Atendimento: diário, em todo o Canal da Tijuca
Público: moradores e turistas


Tags:, , ,



Elite Magazine
A Revista Elite há 18 anos cria e acompanha as tendências do mercado de luxo.




Post Anterior

OCEANIA CRUISES OFERECE MAIS PARA EXPLORAR E VIVENCIAR O ALASCA

Próximo Post

Mania de Churrasco ! PRIME STEAK HOUSE : Bife Angus à Moda das Melhores Churrascarias





Você também pode gostar de



0 Comentários


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais histórias

OCEANIA CRUISES OFERECE MAIS PARA EXPLORAR E VIVENCIAR O ALASCA

Navios menores oferecem mais portos para explorar e experiências únicas do Alasca Oceania Cruises apresenta uma nova reviravolta...

29/03/2019